A cidade não se prepara para as motocicletas

postado em 10 de mar de 2011 05:15 por José Souza   [ 11 de mar de 2011 11:32 atualizado‎(s)‎ ]

Essa é a afirmação mais correta a se fazer. A cidade, o estado, o país não se prepara para a crescente frota de motocicletas. Em Salvador, durante o carnaval, quem esteve na cidade e foi até algum dos circuitos do carnaval pôde ver que a motocicleta foi o meio de transporte que mais funcionou durante o período da festa. Não falo isso pensando nos moto taxistas (que acredito que tenha de ser regulamentado pela prefeitura, pelo menos durante uma festa como essa), mas observando o número de foliões que foram com suas próprias motos.

Era visível a falta de estacionamentos para motos. Quem montou esse tipo de estacionamento se deu bem, pois, os poucos que tinham estavam lotados.

Prefeitura de Bento Gonçalves/RS - Foto: Fabiano Mazzotti

Os mototaxistas foram à salvação de muitas pessoas, principalmente as que queriam transitar em pequenos percursos e estavam sendo extorquidas pelos taxistas. Eram ágeis e muito mais baratos. É claro que, como toda categoria, tinham os irresponsáveis, que corriam como loucos colocando não somente suas vidas em perigo, mas a dos passageiros. Acredito que se houvesse uma regulamentação isso seria muito mais difícil de acontecer.

O transito da cidade, não só nas festas, está insuportável, com isso as pessoas cada vez mais vão optar por motocicletas e as autoridades competentes tem de “preparar” a cidade para essa crescente onda que já está acontecendo.

Se observamos os estacionamentos dos prédios comerciais, por exemplo, o espaço reservado para estacionamento de motos é mínimo (em muitos casos menos que uma vaga para carro). Em festas, os espaços particulares estão prontos para carros e não para motos. A melhor iniciativa, contudo ainda necessita de elevação do tamanho, está por conta dos shoppings, que destinam uma área cercada e com as vagas devidamente demarcadas.

Vista de um estacionamento de motos em Taipei, ao lado de um importante Shopping Center - Fonte: http://www.motonline.com.br/

São iniciativas como essa que temos de ver daqui para a frente, pois a nossa frota é a que mais cresce no país e no mundo.

Por: José Souza

Comments