Rivalidade entre Cavalo Doido e AMOPAF pode afastar motociclistas no Moto Energia

postado em 28 de fev de 2011 07:42 por José Souza   [ 28 de fev de 2011 07:44 atualizado‎(s)‎ ]

Rivalidade entre Cavalo Doido e AMOPAF pode afastar motociclistas no Moto Energia

Acredita-se que a grandiosidade que se tornou o Moto Energia e as cifras que o envolvem estariam atraindo o interesse de alguns, dificultando a manutenção da parceria.



Crédito: Divulgação

Tudo indica que a velha rivalidade entre o Moto Clube Cavalo Doido e os demais Clubes de Motociclistas que fazem parte da AMOPAF (Associação dos Motociclistas de Paulo Afonso) será ressuscitada esse ano.

 

Já consta no site revistamotoclubes.com.br a divulgação de um dos maiores eventos do município de Paulo Afonso, o Moto Energia. Segundo o portal, esse ano, a festa dos motociclistas será nos dias 06 e 07 de maio de 2011.

 

O que mais chama atenção na divulgação do evento é que, ao contrário do ano passado, quando o portal informava que os organizadores da festa eram a AMOPAF e o Cavalo Doido, representados respectivamente por Wyle Tenório e Klewton Ferraz, agora em 2011, o site publicou como organizador do Moto Energia, apenas o Moto Clube Cavalo Doido e os contatos somente com Klewton Ferraz, deixando fora da publicação a AMOPAF e seu representante legal.

 

Apesar do Moto Energia ter sido idealizado pelo Cavalo Doido, a introdução da AMOPAF como parceira na organização do evento, o fez crescer, e possibilitou a ampliação de apoios financeiros, principalmente por parte da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso.

 

Não se sabe ao certo o motivo que teria levado a esse suposto rompimento entre o Cavalo Doido e a AMOPAF. Segundo informações de um motociclista, acredita-se que a grandiosidade que se tornou o Moto Energia e as cifras que o envolvem estariam atraindo o interesse de alguns, dificultando a manutenção da parceria.

 

Fora os grandes patrocínios de empresas privadas, os últimos convênios de cooperação técnica celebrados pela Prefeitura Municipal de Paulo Afonso com os organizadores do Moto Energia foram de 55 mil reais em 2009 e aproximadamente 80 mil reais em 2010, segundo informou a fonte.

 

Em protesto, segundo informações desse mesmo motociclista, os sete Moto Clubes que fazem parte da AMOPAF, quase 100 pessoas, já teriam decidido que vão estar fora da cidade durante o Moto Energia, participando de um outro evento.


Fonte: http://www.ozildoalves.com.br/internas/read/?id=7635

Comments